quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Ser pré-intercambista

Muita gente pode até tentar descrever, mas não encontro palavras para explicar o que é ser pré-intercambista. É toda uma preparação, tudo você imagina seu intercâmbio, fica horas sonhando com a host family, escola e tudo, tudo o que irá acontecer. Às vezes você chora sozinho pensando nos amigos que ainda não se despediu, chora imaginando a saudade dos pais e qualquer música, texto ou frase te emocionam porque é tudo a flor da pele. Na aula eu penso em inglês, imagino minhas aulas lá e meus professores. Os momentos com meus amigos são todos imaginados com outras pessoas, quando eu estiver longe e conversando com outras pessoas, que saudade eu vou sentir de todos vocês.
Pode não corresponder, mas você estará imaginando tudo, sentindo tudo e antes mesmo de ir embora já está sentindo saudade. Bate uma vontade de abraçar os amigos e dizer o quanto eles são especiais todos os dias, que você vai levá-los no coração, mas você fica guardando para a despedida. Dá vontade de passar o dia falando sobre seu intercâmbio, mas quando te perguntam tudo isso some. Quantas vezes pela madrugada eu não chorei pensando nos dias que virão ? É um cheio e vazio no coração, uma alegria e expectativa de experimentar o novo, mas um medo e apego ao que deixará aqui, na sua casa.
Pensar nas pessoas, conversas, momentos, dá vontade de viver as duas vidas e só o melhor dos dois mundos, mas não é certo. Se este é o caminho que escolhi seguir, vou ter que suportar o lado bom e ruim, ter que sobreviver porque no final vai dar tudo certo, eu sei que vai.
E vocês podem pensar que é drama e que outro intercambista não sentiu isso, mas é relativo. Cada intercâmbio é único e cada um é cada um, sente de um jeito, expressa seus sentimentos como pode e encara a vida de uma maneira. Estar vivendo tudo isso é um sonho, mas é tão paradoxal. E ainda é o começo, o primeiro passo.
É inevitável falar sobre isso e não deixar escapar algumas lágrimas. Muitas vezes dá vontade de fugir, que chegue logo Janeiro, em outros momentos só o que você quer é ficar aqui, vivendo o de sempre e rindo com seus amigos. É assim, ou quase isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário