domingo, 1 de agosto de 2010

Interview :)

Cheguei lá às 11 e a entrevista começou em português, a Chere (?) conversou com meus pais e foi bem divertido, falamos sobre assuntos gerais e depois meus pais foram dar uma volta no shopping e eu fiquei lá, só com ela na mesa ainda morrendo de nervosa. Então ela percebeu que eu estava tremendo e me pediu pra ler a minha carta pra host family ou o essay (escolhi o essay porque eu achei ele menos errado HAHAHAHA) e li, tirando que eu engoli e gaguejei muito, foi tudo *bem* e ela me elogiou por ter conseguido colocar minha personalidade na carta e ter feito uma boa seleção de palavras *-* Depois ela começou me perguntando algumas coisas sobre a escola, minha família.
A primeira pergunta foi sobre meus avós (porque uma das fotos do meu app era com eles) e eu disse que os maternos eram vivos e os paternos haviam morrido e eu nunca os conheci, então ela perguntou um pouco mais sobre minha família.
Depois passamos ao tópico escola, ela disse que viu minhas notas em física e perguntou se eu tinha dificuldade sendo que eu era boa em math e as duas tinham coisas em comum, então eu expliquei sobre o logos e como era ruim e isso me atrapalhava. Então ela disse que lá eu provavelmente não teria muitas dificuldades. Depois perguntou um pouco mais sobre a escola e foi bem descontraído porque ela mora aqui e me contou também da vida dela.
Ah, fiquei sabendo da boca dela e de muitas pessoas que já foram para a Nova Zelândia que o povo de lá é bem receptivo e parecem um pouco com os brasileiros. *Uhul* Eu me atrapalhei de tão nervosa e não escutava a voz dela, foi muito tenso isso.
Então ela falou assim: O que você espera da sua escola ? Eu respondi que nunca tinha mudado de escola, então essa seria a minha primeira vez, que tudo vai ser novo e eu espero me adaptar bem :) Depois ela me pediu pra relatar o  que irá mudar entre o dia de hoje e o futuro (no caso, o meu tempo fora) se não foi isso, foi algo parecido, não lembro exatamente aí foi neste momento que eu comecei a chorar, eu falava e as lágrimas desciam, sem brincadeira. Eu falei que lá eu vou estar sem meus pais, sozinha e tudo será novo, será uma nova vida, um novo mundo. Então ela me respondeu que entendia e que era bom chorar, sorrir e etc. Aí eu falei a coisa que mais faz sentido nesse momento: Is crazy, but is good, I can't explain. Depois conversamos sobre outras coisas e foi isso, muito tenso e legal AUHSAHUSUHAUS
Ela me falou duas coisas que eu resolvi compartilhar como conselho: Primeira- Resolva e programe tudo o mais antecipadamente possível, ela disse que isso é o primeiro passo para o intercâmbio ser um sucesso. Segunda - Escreva sobre seu dia, seus sentimentos, mesmo que não mostre pra ninguém: ESCREVA. *já tô praticando* UASHAUSHUAHUSHUAUHS
Nossa, que post grande, mas foi isso, o resto eu não lembro mais :X Até a próxima, fui :) qualquer dúvida, me perguntem no formspring.me (http://www.formspring.me/elisacarvalho)

2 comentários:

  1. fiquei tensa aqui na hora que tu disse que começou a chorar qqq HSAHSAIOHASIOHSIOSAHAISO
    so besta? kkkkk
    <333

    ResponderExcluir
  2. problemas em fisica = falta de herbert, só digo isso KK

    essa mulher da entrevista é uma velhinha? acho que sei quem é *---*

    ResponderExcluir