quarta-feira, 9 de junho de 2010

O de sempre

Ontem me bateu uma dúvida: ir ou não ir ? É o desconhecido, dá medo mergulhar tão fundo e se perder, ou melhor, acabar se conhecendo por lá. Perder o ano, talvez perder os 'amigos' e voltar, esse é o meu medo.
O que eu vou encontrar lá ainda não me assusta, o que me assusta é o que eu vou deixar, se eu vou poder voltar e viver tudo, é complicado.
Mas hoje de manhã minha mãe falou pra mim: "Não pense no que você vai perder, se é que vai perder alguma coisa, não ouça o que os outros dizem, ouça seu coração". E é isso, vou fechar meus olhos e seguir, porque a oportunidade está nas minhas mãos, basta aproveitá-la.
Obrigada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário